Resenha: Toda a luz que não podemos ver – Anthony Doerr

Livro: Toda a luz que não podemos ver
Autor: Anthony Doerr

A comovente história de Marie-Laure começa nos corredores do museu de história natural de Paris, no qual, o pai é chaveiro, mas por via do destino, ela vem a ficar cega e isso muda tragicamente toda a sua vida.

Com sua cegueira repentina aos 6 anos, o Pai de Marie decidi construir uma maquete da cidade e do museu para que ela memorizasse as ruas e conseguisse se locomover por elas com facilidade. Infelizmente o destino mudou tragicamente suas vidas, novamente, quando ela finalmente consegue memorizar as ruas de Paris, eles são obrigados a fugir de onde estão e se esconder deixando para trás o conforto do museu. A segunda guerra mundial acabara de explodir, levando consigo parte da Europa e seu tesouro mais especial; o museu.

toda-a-luz_featured-620x435

Enquanto isso, em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner sobrevive com sua irmã mais nova, encantado com o velho rádio que encontrou no lixo, sua atividade favorita era analisar as suas peças e com a prática acaba se tornando especialista no assunto. O destino entra em cena de novo, leva Werner para o exército nazista, onde cada vez mais, ele percebe o valor que custa a ganância e a sede de poder dos homens.

Em uma missão ele é enviado para a cidade onde Marie esta com seu pai e muitas surpresas e ironias o destino traz para os dois, suas histórias se cruzam e eles aprendem muito, juntos.

toda-luz-que-no-podemos-ver-anthony-doerr-lacrado-560401-MLB20305962312_052015-F

Caro leitor, uma leitura emocionante e que lhe fará refletir sobre a vida é o que lhe posso garantir com este livro. Não perca a chance de ler e descobrir o que o destino reserva para a pobre menina cega filha do chaveiro de um museu.


CC0JywcWAAEwVA61



Comentar via Facebook

Comentário(s)

No Comments Yet.

Leave a comment