De São Francisco a Los Angeles #RoadTrip

A minha, quer dizer, a nossa última noite em São Francisco foi uma das noites mais especiais da minha vida, chega a dar até uma dorzinha no peito. Eu me apaixonei pela cidade, por Alcatraz, eu me apaixonei pelas ruas, pela noite, pela igreja, eu me apaixonei por alguém.

Só as minhas amigas sabem o quão difícil foi me tirar de lá, mas eu tive que dizer adeus. Felizmente eu tinha uma longa viagem até Los Angeles me aguardando, junto com ela um Dodge vulgo a nossa banheira que daria início a nossa viagem de carro pela famosa costa da Califórnia.

Era sexta-feira pela manha, acordamos, fechamos as malas e fomos para a locadora de carros retirar o nosso mais novo amigo. Já faziam quase três meses desde que eu havia dirigido pela última vez e eu confesso que fiquei um pouco nervosa. Nossa primeira parada foi o Hostel onde resgatamos nossa duas amigas e uma quantidade considerável de malas.

Pegamos a estrada rumo a Golden Gate mas a barriga roncou alto e fizemos uma rápida parada no nosso amado Ihop. Comemos como se não houvesse amanhã para variar e seguimos para a ponte mais famosa do mundo.

Ah, se vocês acharem que um prato desses não é suficiente, não se enganem, é sim!

COMAM MUITO NO IHOP, COMAM SERIO!

Infelizmente como já haviam nos contato, a ponte tem um clima meio estranho e mal conseguimos enxergar. Eu dirigi durante toda a sua extensão até chegar no mirante mas a melhor foto que tiramos teve que ser sutilmente editada no paint para fingir que tinha uma ponte ali. Ficamos tristes mas vida que segue e Santa Cruz nos aguardava.

Can't believe I'm coming back #Sanfrancisco #50days

A post shared by Helóra Almeida (@heloramaa) on

I've been high, I've been low,
I've been yes, and I've been oh, hell no!
I've been rock 'n roll and disco,
Won't you save me San Francisco?

Antes de falar um pouco mais sobre cada lugar, vou mostrar os lugares que decidimos parar até chegar em Los Angeles. Procurando no google nós descobrimos uma cidadezinha que lembrava o antigo desenho Rocket Power a pouco mais de uma hora de São Francisco, chamada Santa Cruz. De lá seguiríamos a Monterey, depois Carmel, Big Sur, Santa Barbara e finalmente Los Angeles. A nossa ideia inicial era dormir em Santa Barbara, mas os ventos da Califórnia nós levaram a uma cabana incrível em Big Sur, digna de um bom filme de terror, mas calma, eu já chego lá.

Santa Cruz (75 Milhas de São Francisco)

Essa cidade foi uma parada rápida que rendeu ótimas risadas e fotos lindas. No verão a praia enche por causa de um antigo parque de diversões bem típico de filmes americanos.

Como era inverno o local estava bem vazio e o parque parecia abandonado mas vale a parada.

Bem ghost town né?!

Monterey (43 Milhas de Santa Cruz)

Monterey é uma cidade linda, cheia de bares e hotéis a um preço acessível. Nós paramos para ver o mar e comer no Mc Donald’s quando a fome bateu. Infelizmente não passamos a noite, mas dizem que a vida noturna da cidade é bem agitada.

Carmel by the sea (5 Milhas de Monterey)

Carmel é uma daquelas cidades que de tão perfeita chega a dar medo. Se formos comparar com algo aqui no Brasil, Carmel é uma mistura de Campos do Jordão com Gramado só que nos EUA. Sinceramente os preços não eram tão absurdos como se imagina quanto a hospedagem sendo $90,00 uma suíte em um chalé lindo, mas os restaurantes chegavam a custar o preço do quarto.

A cidade vale um passeio e uma ida a praia mas se você não tiver tanto tempo vá para um lugar onde você pode tomar um vinho com os amigos sem se sentir tão economicamente incapacitado.

Big Sur (26 Milhas de Carmel)

Ah Big Sur, obrigada por existir, sério. Não pulem essa parte da viagem por nada nem ninguém nesse mundo, você não vai se arrepender. Big sur é basicamente uma estrada que acompanha o mar com grandes ondas, o que se tornou lugar preferido entre os surfistas e amantes da natureza. Ao longo dessa estrada você vai encontrar vários hotéis por um preço razoável.

A estrada em Big Sur é estreita e cheia de curvas e vale a pena ser feita de dia para apreciar a vista.

(5:30a.m)

Nós resolvemos parar para dormir. Por sorte encontramos um motel chamado Big Sur River Inn e se não me engano pagamos $200,00 para quatro pessoas, em uma cabana linda, que infelizmente aproveitamos pouco. Quando acordamos no dia seguinte, as cinco e meia da manha, pegamos o carro e escolhemos um lugar na beira da estrada para ver o dia clarear, foi lindo! Indico o programa.

San Luis Obispo (170 Milhas de Big Sur)

San Luis foi uma parada que acabou surgindo no meio do caminho e nos surpreendeu imensamente. A cidade é um amor, cheia de restaurantes, bares e lojas diferentes. Tire uma hora para passear sem rumo, a cidade encanta.

Bubblegum alley:

Santa Barbara (110 Milhas de San Luis)

Santa Barbara foi nossa última parada antes de Los Angeles e para ser bem sincera, já estávamos meio de saco cheio de praia então nós só paramos para comer e descansar um pouco. A cidade parece ser linda, mas o cansaço foi maior.

Acho que o mais incrível de viajar de carro são as surpresas que aparecem no meio do caminho. Você pode até ter um roteiro a seguir mas tudo pode mudar a qualquer minuto. Se dê o luxo de viajar de carro com tempo para poder ficar uns minutinhos a mais quando encontrar algo diferente. Pare para conhecer coisas novas, por mais estranho que pareça (tipo um paredão de chicletes em San Luis).

Ah, antes de viajar nós fizemos uma Playlist só com músicas sobre a Cali, caso alguém queira; CALIFORNIA LOVE/GP 2017

A gente se vê em Los Angeles.

Road trippin' with my two favorite allies
Fully loaded we got snacks and supplies
It's time to leave this town it's time to steal away
Let's go get lost anywhere in the U.S.A.

Comentar via Facebook

Comentário(s)

No Comments Yet.

Leave a comment