SE APAIXONE EM SÃO FRANCISCO #RoadTrip

Não tem jeito fácil de escrever sobre São Francisco, pois foi extremamente difícil sair dessa cidade. Nós saímos de Las Vegas de ônibus rumo a uma cidade que eu particularmente não esperava muito, eu estava louca para ir a Alcatraz, lógico, como boa amante de história e filmes de suspense Alcatraz sempre me encantou bastante. Eu também queria conhecer os pontos famosos que vemos em filmes, e tirar umas fotos bonitas, mas mal sabia eu que São Francisco roubaria meu coração.

Nós chegamos bem cedo depois de uma viagem de aproximadamente 14 horas. Eu particularmente indico fazer esse trajeto de avião, mas como todas nós estávamos morando nos Estados Unidos o excesso de bagagem tornou essa viagem inviável, logo fizemos de ônibus. Nós nos hospedamos em um Hostel bem no centro da cidade e a cada quilometro que percorremos da rodoviária ao hostel era um suspiro diferente.

São Francisco é maravilhoso. A cidade é linda, lembra tanto a Europa que é extremamente difícil acreditar que fica nos Estados Unidos. Os prédios têm um charme, as ruas encantam, os mercados de orgânicos me lembravam o Brasil, os brechós me lembravam Paris e assim eu fui me rendendo.

Como eu disse, nós chegamos a SF bem cedinho. Nosso Hostel chamava HI Downtown San Francisco e era um amorzinho. Por causa das bagagens pegamos um quarto só para nós, com banheiro e o preço foi ótimo por causa da localização. Nós largamos as malas e fomos comer no Café Mason que ficava logo ao lado.

O café Mason me lembrou Buenos Aires, que também me lembrou Paris e acho que esse é um dos motivos de eu ter amado tanto essa cidade. São Francisco é um refúgio no meio da América. É uma cidade que nada tem a ver com fast food e outros estereótipos americanos, São Francisco é amor.

 

Depois disso fomos descansar um pouco, tomar um banho e saimos para jantar no Pier 39. No nosso caminho até lá descobrimos que o Píer é um local bem turístico e que os moradores de SF não costumam ir, mas fomos mesmo assim. O lugar é um charme, tem varias lojinhas de souvenir, restaurantes e bares, em minha opinião vale a viagem se você estiver com um dia livre.

Lá você vai encontrar algumas franquias como Hard Rock Café e Bubba Gump que são sempre uma boa escolha.

(Pier 39)

No dia seguinte nós tínhamos uma lista de lugares para conhecer, e aí vai;

 

Painted Ladies

Nós começamos o dia conhecendo as famosas casinhas coloridas de São Francisco, cartão postal da cidade. Infelizmente começou a chover forte (porque chover em SF é comum) então nós só tiramos algumas fotos e seguimos para o próximo ponto.

Em frente às Painted Ladies existe um parque muito bonito e famoso, infelizmente (também) o parque estava sendo reformado e não pudemos conhecer.

 

Haight Ashbury

Nossa segunda parada foi essa intersecção de ruas muito famosa por seus bares e brechós, mas você também encontra desde restaurantes a estúdios de tatuagem e balada. A rua tem um clima meio Hippie e um pessoal mais cool, além de vários cafés e mercados de orgânicos que eu amei bastante.

Eu vou contar uma coisa para vocês e já começo pedindo desculpas para o meu pai.

Nós pegamos uma semana muito chuvosa e fria em SF, sem mentira alguma nós tirávamos os casacos para as fotos saírem mais legais, rs. Quando nós chegamos na Haight eu e minha amiga tivemos a brilhante idéia de comprar um Whisky de Canela, o famoso FireBall e um chocolate quente...Sim, nós misturamos whisky de canela com chocolate e saímos bem plenas no frio de SF. Olhando daqui parece um pouco preocupante né? Mas acho que foi o efeito Vegas.

 Haight Ashbury nos rendeu boas risadas.

(origem)

Twin Peaks

Choveu, choveu e choveu. Eu sei que eu já falei trinta vezes, mas choveu tanto que é importante salientar quee pegamos chuva todos os dias, o que em outras palavras estragou nossa visita a Twin Peaks.

(Eu tentei fazer um boomerang lá em cima, o resultado ficou ótimo, sqn)

Mas se você tiver a sorte de pegar um tempo bom esse ‘’mirante’’ tem que estar na sua lista, pois ao chegar ao topo você consegue ver a cidade toda, é simplesmente maravilhoso.

Essa é a famosa expectativa X realidade

(origem)

 

Castro

Para fechar o nosso dia, fomos para o bairro Castro conhecido por ser o bairro gay mais famoso do mundo. Tire no mínimo duas horas do seu dia para conhecer o bairro, andar pelas ruas e parar em um café para relaxar, serio, a energia desse lugar é tão gostosa... Queria voltar.

 

Nosso segundo dia em SF foi assim. Nós paramos em um mercadinho maravilhoso e compramos algumas coisinhas para cozinhar no hostel. O saldo da noite foram oito garrafas de vinho, gritos, uma briga sem explicação e muitas risadas...

Eu queria que nossos vídeos do snap não estivessem tão ruins pois tem coisas que merecem ser compartilhadas.

Já nosso terceiro dia em São Francisco foi dedicado a uma visita noturna a Alcatraz, mas essa visita merece um post especial. Então até lá...

Comentar via Facebook

Comentário(s)

No Comments Yet.

Leave a comment